quarta-feira, 10 de março de 2010

O que as pessoas dizem

Sabe aquela música do Legião Urbana que dizia assim: "...quantas chances desperdicei, quando o que eu mais queria era provar pra todo mundo que eu não precisava proivar nada pra ninguém..."? Pois é...fiquei com ela na cabeça ontem e hoje por toda a manhã. Isso porque sempre que alguém fala o que pensa sobre mim eu fico pensativa. O mais interessante é que são muitas qualidades, mas só quando apontam os defeitos que me analiso.
Outro dia uma pessoa me disse que me achava metida e carrancuda então não "ia com a minha cara" pois tinha aparência esnobe. Tá que depois que ela me conheceu passou a conversar mais comigo, mas ainda acho que tenha a mesma visão. Até porque não fiz esforço para mudar essa visão.
Esse talvez seja meu problema, não faço esforço para mudar a visão das pessoas, mas me importo com elas. Isso é normal? rs
Aí ontem me disseram que eu estava com aparência de desanimada. Não é desânimo, é cansaço!
E fiquei pensando em tudo que me deixa cansada e se vale a pena ficar com olheiras, com ombros baixos, sem comer direito e cheia de nóias por causa disso.
Estou chegando a conclusão que não vale.

6 comentários:

Emile disse...

Thatá... não és boa porque te louvam, nem desprezível porque te sensuram; És o que és, e o que poderão dizer de ti,não te fará melhor da que vales aos olhos de Deus. Vc é um tesouro pra Deus!! Te amooo amiga. beijo!!

Thaissa Costa disse...

Obrigada amiga! Este post já valeu pelo fato de, enfim, vc ter feito um comentário no blog né...rsrs Te amo tbm! Beijão

Thaissa Costa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CHica da Silva disse...

nem melhor, nem pior, apenas diferente


eu acho q vi num para choque de caminhao :D

CHica da Silva disse...

A vida sempre encontra um meio de mostrar às pessoas o real caminho a ser seguido para estar feliz, meio esse que, para a maioria dos indivíduos se torna não muito agradável , já que desde que Deus nos concedeu o tal do "livre-arbítrio" vivemos fazendo as escolhas erradas e ao invés de aprendermos pelo amor, acabamos aprendendo mesmo é pela dor. O fato é que o segredo de ser feliz talvez seja uma das maiores descobertas que o ser humano possa fazer. Com o tempo e pela escola da vida, aprende-se que a verdadeira felicidade não se busca nem se atribui a lugares, pessoas, objetos ou qualquer coisa externa a nós mesmos. A verdadeira felicidade sou eu, é você ou qualquer outra pessoa que já descobriu que estar verdadeiramente feliz É SER VC MESMA, se aceitar com seus defeitos e qualidades, mas, acima de tudo, estar ciente da sua importância como individuo e do seu papel diante do mundo.
Isso sim é FELICIDADE VERDADEIRA

Um jeito Thata de ser!

Mas vim compreender bastante esse trecho no templo

Bj

CHica da Silva disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...