quarta-feira, 13 de julho de 2011

Máximas do CC (cheiro de corpo)



Outro dia estava conversando sobre C.C. (sim, cheiro de corpo), e fui notando algumas máximas internacionais sobre o fato. Internacionais porque constatei que os americanos (no caso deles
, B.O. = bad odor) comprovaram o mesmo que descrevo a seguir:

1. CC é transmitido pelo toque:
Nós brasileiros, já temos provas suficientes de que CC pega. Minha mãe sempre me falou para nunca pegar emprestado uma roupa de alguém que tenha CC, porque pega! Daí o meu medo de comprar roupas em brechós, não tenho coragem de dar uma cafungada na axila da roupa e tenho medo fazer uma compra "às cegas", chegar em casa, lavar, usar e descobrir que peguei CC de um estranho. Não será assim que pegarei CC, se for para pegar, que pelo menos seja de alguém conhecido.

2. O CC se alastra com muita facilidade em lugares fechados:
Já entrou em um ônibus com alguém que tinha CC? Então você sabe do que estou falando. Não adianta vento, bom ar, perfume forte, prender a respiração... Ele continuará lá. Isso é tão certeiro que muitas vezes a pessoa dona do cheiro já foi embora e você continua sentindo o odor desagradável. Já entrou em um elevador cheirando a CC? Eu já. E olha que elevador não tem axilas!

3. CC + Perfume Forte = CCF (CC Forte)
Nunca, jamais e em tempo algum tente disfarçar seu CC com perfume, isso só dará força a ânimo ao seu CC e o deixará indestrutível. Vá por mim, tome banho, limpe bem suas axilas e coloque um bom desodorante.

4. CC no desodorante roll on
Uma amiga estava na academia tomando banho quando uma desconhecida pediu seu desodorante roll on emprestado. Imediatamente após a sujeita devolvê-lo, ela o jogou no lixo. O motivo é o mesmo do tópico 1: CC pega no desodorante roll on, então no final das contas você não estará passando desodorante nas axilas e sim, bactérias ccrianas.

5. CC em ropua é difícil de tirar
Um outro amigo viajou para a Europa, Alemanha para ser mais precisa. Lá comprou um casaco lindo em um brechó. A parte chata é que o casaco tinha um cheiro corporal de alemão no verão do Rio de Janeiro. Imaginou, né? O coitado lavou o casaco infinitas vezes e ainda assim o cheirinho está lá, disfarçado de OMO, mas ainda é CC mesmo.

6. CC pode ser genético
Conheço casos de famílias inteiras com ele. E o pior é que desconhecem o fato de que são portadoras desse mal. Estou falando de gerações que seguem suas vidas ignorantes espalhando o terror por aí!

7. Considerações finais
Acho que a natureza errou ao criar o CC. Veja o exemplo dos gambás e de todos os outros animais que utilizam seu cheiro para atordoar seu predador e conseguir fugir com vida. No caso dos humanos isso não funciona. Um assaltante não vai deixar de te roubar porque você fede. Ou então a sua alma gêmea não vai cair de amores por você ter um cheiro forte, ela vai fugir como o Cascão da água!

**Essa veio pelo Face da minha prima @denisemattos.

Um comentário:

Giovana Damaceno disse...

Caraca, passei apertado nas primeiras duas semanas pós parto com este problema. Me queixei pro obstetra e ele me disse para acalmar que era uma bagunça ormonal temporária. Putz, é muuuuito ruim!
E para enriquecer seus conhecimentos sobre CC, saiba que existe o Fungier L'Odeur do Suvaqeur, um nome chique para uma profissão muito curiosa: o cheirador de sovacos.A profissão é super respeitada na França e o dia a dia desse trabalhador consiste em cheirar algumas centenas de axilas. Então agora, quando você escutar que um desodorante fica 24h sem esmorecer, você já sabe que tipo de profissional deu o atestado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...