segunda-feira, 28 de junho de 2010

Michael Jackson or Chapeleiro Maluco?



Um gostava de crianças e foi considerado por muitos um louco.
O outro era alucinado por Alice, que também era criança e só ela poderia salvar o mundo!
Um tinha uma aparência um tanto esquisita, com roupas marcantes e era magrelo.
O outro usava um chapéu estranho e gostava de ser diferente.
Um tinha um talento incrível para dança e um coração gigante.
O outro demonstrava seus sentimentos de forma tão exótica que parecia até um personagem de um livro de estórias infantis.

Eu falo de duas pessoas, mas poderia ser de uma só. É que ambos se encaixam nesses perfis. Michael Jackson não era o Peter Pan, como ele queria ser. Ele era o Chapeleiro Maluco! Se tivesse vivo poderia ter pego o lugar do Johnny Depp.

Beijo e me siga no twitter: @thaissa10

4 comentários:

Anônimo disse...

adorei..gatona!
vc é demaisssss
amo.t

GIL ROSZA disse...

segundo a wikipedia, o lewis carroll (autor do lvro alice), na intimidade era assim:

(...) Uma de suas frases mais marcantes era "Gosto de crianças (exceto meninos)". Quando tinha oportunidade gostava de desenhar ou fotografar meninas seminuas, com a permissão da mãe. "Se eu tivesse a criança mais linda do mundo para desenhar e fotografar", escreveu (...)

cada maluco com o seu chapéu né?

Camilla Aloyá disse...

a minha visão é mais sociológica, pra mim ele foi uma vitima do sistema.

Thaissa Costa disse...

Pra mim, Michael foi vítima da família. Mas o texto foi bem despretensioso. A intenção era mostrar as semelhanças. No entanto, sei da história que fez surgir Alice e não acho nem um pouco correto fazer apologia a pedofilia (por sinal considero uma doença grave). Mas esse é assunto para outros posts polêmicos que ainda terão por aqui...conto com vcs para esse debate que adoroooo! beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...