terça-feira, 27 de outubro de 2009

Será sorte?



Uns nascem em berço de ouro, outros são deixados em portas de orfanatos. Uns tem família estruturada, com pai, mãe, irmãos e lindos avós com cabelos brancos; outros tem família desunida, pais viciados em drogas e desempregados. Acordar e comer para uns é uma batalha diária, para outros isso nem tem valor. Será então a sorte a primazia da vida?
Exemplo: Dois adolescentes que resolvem fumar um baseado para experimentar. Um não tem facilidade para obter a droga então não continua a fumar, já o outro tem na família um tio viciado que sempre tem droga em casa. Não é apenas vontade, mas oportunidade. Se for verdade que a "oportunidade faz o ladrão", então quem tem certas oportunidades seria uma pessoa de pouca sorte. Os pais viciados terem um filho com problemas é consequência dos atos, mas o filho nascer assim é o quê?
Para os espíritas é algo de outra vida...penitência talvez. Não sei se isso é injusto ou não. A intenção não é abrir uma discussão religiosa. Meu questionamento é: Se é a sorte quem nos define, então não seria justo que todos nascessem com a mesma?
Lembro-me de um filme que vi (não lembro o nome) que o cara era um azarado e a menina tinha uma sorte de dar inveja. Ele tinha uma vida horrível, era faxineiro de um bar e vivia mal, com problemas, inclusive financeiros. Nem precisa falar que era péssimo para o amor. Ela tinha o emprego dos sonhos e "pegava" quem quisesse. Eles se beijaram sem querer e trocaram suas "sortes". Resultado: Ele passou a ter um ótimo emprego, porque ele sempre correu em busca de seus sonhos, mas não tinha a oportunidade. Com a sorte do seu lado, passou a ter tudo o que sempre quis. Ela, mesmo com a mesma aparência, mesmas atitudes, mesmo caráter, não conseguiu mais nada de bom e cabou por viver como ele.
Sorte...uns tem outros não.
Injustiça ou punição?

T. Costa

Um comentário:

Gil Rosza disse...

hahahaha... durante a pior crise afetivo-financeira da minha vida, andei ruminando esse teorema na minha cabeça. recetemente o resolvi depois de assistir a um antigo filme do woody allen. cê deve ter visto, mesmo assim peguei no youtube o trecho que me ajudou a resolver o dilema > http://www.youtube.com/watch?v=4Ixitp-OkuY

=) bejao!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...