quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Pára o mundo que eu quero descer!!!

Se existisse a possibilidade de o mundo parar por uns dias, uns meses ou quem sabe até por alguns anos para que simplesmente eu pudesse respirar e pensar como agir para conseguir a tal felicidade esperada por todos, eu juro que faria. Neste meu ônibus da vida já andou tanta gente. Pessoas felizes, outras tristes. Gente louca e alguns sãos. Gente que geralmente partiu meu coração. Então fico a pensar...O que eu faço de errado para isso acontecer? Me dôo demais? Acredito demais nas pessoas? A verdade é que acho que deixo entrar qualquer um no ônibus, sem critérios prévios de seleção. Na ânsia de viver a relação, seja de amizade ou amorosa, me deixo envolver por palavras tolas, olhos aflitos, pessoas que se fazem de sinceras. Não vejo o que mais odeio nos seres humanos e vejo o belo apenas. Será um problema de visão espiritual?
Certa vez escrevi isso para uma pessoa muito especial: "...Eu quero você junto a mim, mas não a qualquer custo. Não sob o preço dos meus olhos tristes, dos meus dias frios, da infelicidade constante, do medo desgastante de não fazer parte de você..." Dois anos mais tarde e o sentimento não muda. A pessoa talvez tenha mudado, mas minhas angústias não. Por que deixo as pessoas fazerem isso comigo?
Queria puxar a cordinha deste ônibus e que o condutor da minha vida me desse tempo para pensar e raciocinar em qual direção seguir. Mas quando tentei fazer isso descobri que eu sou a condutora deste ônibus desgovernado que pára pra qualquer um que dê sinal.
Se eu parar para respirar e descansar, todos vão embora. E será que é isso que eu quero? Como posso ter certeza se não parar e pensar? Será que não é melhor recomeçar do zero? Mas como isso é possível se as lembranças não saem da mente?
Dor maior que a da traição apenas a da morte. E a traição dói mais quando a pessoa vai embora ou quando ela permanece em seu ônibus? Saber que ela viu outro destino e se encantou por ele em algum momento é dolorido e não conforta saber que agora ela prefere estar no caminho que você segue. Pode ser apenas porque você não parou para ela descer, então foi melhor ficar.
Ela nem te nota, nem sabe quem é o motorista. E vc, sempre naquele uniforme medonho, com aquele cabelo e aparência gastos. Por que dói parar o ônibus? Porque o mundo não pára assim a decisão não precisaria ser minha...
Mas o mundo não pára, o ônibus está sem freio e para sair é preciso pular.

T. Costa

6 comentários:

CHica da Silva disse...

bem vinda a este mundo rsrs.
Sinto a mesma coisa..chego a pensar que estou sem perspectiva afetiva, amorosa.
Mas so que no meu caso, deve ser pior, mulheres, sao sempre muito complexas e por vezes mal-resolvidas. Mas por ser existencialista, estou encontrando minhas respostas..mas sei que a vida trara novas perguntas..ai é sempre um tudo novo..de novo. rs.
Tem uma frase que se eu nao me engano é do livro da maite proença: nao vou diexar que o amor da minha vida ocupe o lugar DE amor da minha vida.
Eu doei-me, eu vivi, eu fui intensa. Estou louca por ser assim ou as pessoas que estao perdendo a emoçao? Na china ou japao, nao sei ao certo, estao ensinando as pessoas a sorrirem no trabalho. Ensinar algo que nos é unico?e la tbm um cara criou um robo a sua semelhança para que ele converse. Que medo é esse de se relacionar?Se nao sabe se relacionar, se tem medo, procure uma arvore ou entao um terapeuta (q é otimo essa segunda opçao), mas claro, sou a favor de selecionar sim. Buscar informaçoes antes..talvez se eu tivesse visto o curriculo da minha ex, jamais teria aceitado o namoro com ela. Ela nao aguenta a propria companhia, e vive pulando de galho em galho em cada relaçao..isso ja é carencia demais, pois nao consegue viver sozinha. Aí que entra a questao da seleçao, para quem entregamos nosso coraçao e para quem trazemos com orgulho em casa e digo: oi mae, familia, essa é minha namorada :-)

ah..pano pra manga que da esse assunto
Tudo de bom!
tem msn?

Bjinhos =)

Dulce Sales disse...

Thaissa, (in)felizmente o mundo é assim: uma rodovia lotada de ônibus dirigidos por motoristas malucos! Às vezes enfrentamos alguns engarrafamentos e com isso as pessoas se irritam, xingam, se ofendem e se agridem... Às vezes podemos dirigir apreciando a paisagem e os passantes... Às vezes conseguimos até dar uma carona e conversar com algum outro passageiro ou condutor... O importante é não parar! Dirigir sempre em frente, batalhar para não ficar perdido e se for o caso, pedir informação sobre qual é o caminho certo!
Beijos!

CHica da Silva disse...

"se for o caso, pedir informação sobre qual é o caminho certo!"

como seria bom se tivesse um caminho certo, ou nao rs
mas acho que nao existe caminho certo. Tudo é relativo nesse momento pos modernista que a humanidade vive. o caminho so é certo a partir do ponto de vista de cada um. o que é certo pra um, nao é pra mim e vice versa.
o existencialismo por exmeplo diz que cada um encontra suas verdades a partir das suas experiencias, ou seja, so vc sabera seu caminho e encontrara suas verdades, suas opinioes, que ira mudar a cada momento q uma nova experiencia surgir, pois novos sentimentos serao aguçados. é por isso que qdo mamae e papai diz: filha, essa menina nao serve pra vc, a gente nao acredita. pq?pq nós nao conseguimos enxergar, pq nao encontramos uma verdade e entao é preciso acontecer algo pra vc enxergar. so vc encontra seu caminho. No maximo que podem fazer é nos orientar e como fazer isso?Bem, com meus alunos, como aprecio o construtivismo, eu uso a maieutica de socrates: uma resposta atraves da pergunta, ou seja, questionamentos. O que os psicologos tbm fazem...mas ora bolas, nao é a dúvida que nos faz caminhar?
é cansativo?eu que o diga rs..pq vejo algumas pessoas nao pensando na sua propria existencia, vivendo por viver, no famoso deixa a vida me levar. Levar pra onde cara palida?Se vc é o motorista, vc esta indo pra onde?mas esses nao sao pessoas a quem devmos nos comparar, ate pq, normalmente chegam ao fim da vida fazendo as perguntas que nós hj fazemos (eu c 26 anos). Entao, pelo menos temos a chance de faezr diferente, de evoluir, como diz minha filosofia de vida, o cardecismo: evoluçao atraves de nosso comportamento

adoro esses papinhos..vc faz algo muito bacana: suscitar duvidas, questoes.

Bjinhos =)

CHica da Silva disse...

vc ja leu um texto que nao se de quem é, so sei q sintetizou em muito o que eu leio.
Recebi um email que dizia: nao ha casal q nao queira se separar
e nesse outro email dizia: pq o amor precisa de convivência para ser devidamente testado. Nesse mundo maluco e agitado, as pessoas estão se encontrando hoje,se amando amanhã e entrando em crise depois de amanhã.
Uma coisa frenética e louca que tem feito muita gente, que se julgava equilibrada,perde os parafusos e fazer muita besteira.
eu vivi isso na ultima relaçao..sneti na pele o que é conhecer hj e faezr dr depois de amanha rs..e isso pq as pessoas reclamam cada vez mais q nao encontram ngm, mas essas mesmas q reclama, nao sabem conviver..é..

=)

Thaissa Costa disse...

Obrigada pelos comentários. Realmente às vezes faz bem pensar na vida, mas o mais importante é viver. Pena que nosso tempo para pensar é curto e tumultuado, talvez de forma oposta viveríamos melhores.

CHica da Silva disse...

é..viver dói, ja dizia Schopenhauer rs..., mas so doi paras as pessoas q buscam sentido, aquelas q nao tem nada a buscar que vivem por viver, fazendo de sua existencia uma mera existencia..

=)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...